top of page
  • Foto do escritorBaloc Locadora

Problemas mais Comuns em Empilhadeiras


problemas mais comuns empilhadeira

A empilhadeira é uma máquina industrial voltada para o transporte, armazenamento e empilhamento de diversas mercadorias. Essas particularidades asseguram que os trabalhos logísticos sejam executados.


Entretanto, uma empilhadeira quebrada pode diminuir/destruir a produtividade de uma empresa. Por isso, é importante que o equipamento esteja sempre em plena qualidade de funcionamento, evitando o tempo de inatividade.


Pensando nisso, identificamos os problemas mais comuns que podem ocorrer com o equipamento.


Vazamentos


As empilhadeiras utilizam muitos componentes como braçadeiras e mangueiras nos sistemas: hidráulico, transmissão e refrigeração. Essas peças podem ser danificadas, provocando vazamentos ao decorrer do tempo.


Prevenção: verifique se as mangueiras apresentam sinais de desgaste. A manutenção preventiva auxilia a detectar o dano antes que os vazamentos comecem.


Problemas de elevação


O mastro de empilhadeira pode falhar, fazendo com que os garfos não consigam subir ou descer.


Um mastro pode falhar devido aos fios quebrados, interruptores com defeito, problemas na bateria, detritos no sistema de combustível e falhas na bomba hidráulica.


Prevenção: encontre e substitua/conserte os fios expostos, faça a manutenção adequada da bateria e limpe o sistema de combustível.


Falhas nos acessórios


Os acessórios de segurança como buzinas, alarmes e luzes podem ser encontrados em qualquer empilhadeira. Esses componentes costumam ser danificados ao longo do tempo.


Estes apetrechos param de funcionar devido a fios quebrados, pinos sujos, lâmpadas queimadas ou fusíveis queimados.


Prevenção: limpe os contatos elétricos dos acessórios e engraxe com graxa dielétrica para ajudar a reduzir o desgaste. Substitua as lâmpadas o mais rápido possível.


Sem sinais de alerta


Não é incomum que a empilhadeira não tenha nenhum sinal de problema e, um dia, ela simplesmente não funciona. Nesse caso, as empilhadeiras podem agir como um veículo pessoal (por exemplo, carro).


Bateria descarregada, conexão comprometida, vazamentos/bloqueios no sistema de combustível e fios quebrados são os motivos mais comuns pelos quais uma empilhadeira não dá partida.


Prevenção: limpe o sistema de combustível e os terminais da bateria.


Problemas na bateria da empilhadeira


Todas as empilhadeiras possuem bateria. A empilhadeira a combustão utiliza uma bateria para dar partida na máquina. Já o modelo elétrico usa a bateria como uma fonte de energia.


Os problemas na bateria são provavelmente causados por descarregamento, conector danificado ou um alternador ruim.


Prevenção: o primeiro sinal que a bateria está com defeito é quando a empilhadeira não liga. Lembre-se que as baterias de empilhadeiras elétricas requerem cuidados principalmente carga regular e seguem um cronograma de carregamento.


Falhas


Uma empilhadeira com defeito é aquela que está engasgando ou perdendo energia. Os principais motivos que fazem com que o equipamento funcione mal são: filtro de combustível bloqueado, bateria fraca/descarregada, fios quebrados e vazamentos nas mangueiras de vácuo.


Prevenção: você deve limpar o acelerador, regulador e substituir o filtro de combustível.


Verifique a luz do motor


Assim como os veículos pessoais (por exemplo, carros), as empilhadeiras notificam o operador sobre possíveis problemas com um ícone de aviso iluminado no painel.


A sinalização pode ter vários pretextos, mas os motivos mais comuns são: mistura incorreta de combustível/ar, defeito nos sensores, contatos, interruptores e fios.


Prevenção: Esses problemas são difíceis de prevenir e geralmente acontecem de forma inesperada. As melhores práticas para evitar falhas são limitar o calor excessivo, limpar os detritos, carregar adequadamente as baterias e manter o sistema de combustível limpo.


Problemas Elétricos na empilhadeira


As causas mais comuns de problemas elétricos são: fiação quebrada, hardware solto, corrosão, interruptores com defeito e fusíveis queimados.


Prevenção: mantenha os componentes elétricos limpos e secos. Prenda os fios expostos/pendurados.


Assentos e cintos de segurança


Após anos de uso, os cintos de segurança e os assentos podem se desgastar e, eventualmente, precisam ser substituídos.


O uso prolongado é a principal causa dos danos aos assentos e cintos de segurança. As deteriorações também podem ocorrer devido às ferragens soltas nos suportes dos cintos e nos trilhos dos assentos.


Prevenção: para evitar esses problemas, os operadores não devem carregar objetos pontiagudos, visto que as ferramentas nos bolsos ou/e presas nos cintos podem furar/desgastar os assentos e os cintos de segurança. Além disso, evite apoiar objetos no banco.


Problemas de resfriamento


O calor excessivo pode ser muito prejudicial para as peças do sistema de transmissão da empilhadeira.


Um sistema de resfriamento funcionando corretamente ajudará a empilhadeira a ter mais durabilidade, evitando os reparos caros.


Os problemas mais comuns dos sistemas de resfriamentos são radiadores ruins, bombas d'água quebradas, termostatos danificados, mangueiras deterioradas e braçadeiras de mangueira soltas.


Prevenção: a melhor coisa que pode ser feita é limpar regularmente os detritos e a poeira do radiador e de outros componentes do sistema de arrefecimento.


Empilhadeiras Baloc


A Baloc é referência no mercado de locação e venda de empilhadeiras, disponibilizamos equipamentos em ótimo estado de conservação, garantindo o pleno funcionamento.


Com a Baloc você pode comprar/alugar empilhadeira elétrica, a gás GLP, retrátil, contrabalançada, patolada e transpaleteira.


Solicite um orçamento conosco!

aluguel de empilhadeiras

Comments


bottom of page